Especial Dry January: a Natureza da Relação com o Álcool, por Bruxas Veganas

Por Bruxas Veganas

A convite da Kiro, topamos escrever sobre esse assunto que é recorrente entre nós. De cara, já avisamos que esse texto não é uma intimação para cortar o álcool agora e para sempre da sua vida. Esse é um texto para questionar: que tipo de vínculo eu estou criando com essa substância? O que me motiva a consumi-la? De que maneira esse consumo me afeta (antes, durante e depois)?

Sempre que nos fazemos essas perguntas, lembramos de praticar um exercício de cuidado e autoconhecimento, que deveria ser comum nas mais diversas situações. O consumo de álcool, porém, caminha na via oposta dessa tomada de consciência. Justamente porque seu efeito principal é diminuir nosso estado de atenção. Em pequenas doses, sentimos euforia e relaxamento - sensações muito desejáveis em diversos momentos - mas o que acontece normalmente é o consumo abusivo, com o intuito de acessar rapidamente essas emoções.

Quando precisamos acionar esses estados frequentemente, principalmente de forma artificial através do álcool, talvez seja hora de se perguntar: realmente quero estar aqui? eu ficaria sóbria e satisfeita nessa mesma situação?

Com essas perguntas é possível perceber se existe uma relação dependente ou ritualística com o álcool. A principal diferença é que na primeira buscamos fazer o que a maioria à nossa volta está fazendo e, por vezes, reproduzimos comportamentos apenas para socializar. Já na segunda, existe um vínculo sincero e um desejo autêntico, pautado em consciência e intenção.

Para nós, a Kiro é uma bebida que entrega todos os elementos necessários para ressignificar nossos momentos de socialização, sem perder a diversão e a qualidade ritualística do álcool. Ritualizar nossa vida é algo antigo e extremamente humano. Quando transformamos elementos cotidianos em um ritual, praticamos magia.

Ttodo momento tem o potencial de ser mágico, mas só percebe quem está disposto a enxergar as sutilezas.


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.